©
Olha só pra você, ai, perdido, como se já não esperasse mais nada, como se já tivesse matado leões com as próprias mãos, e achado melhor descansar, pela sorte de estar vivo. Não há sorte em estar vivo, você faz a sua sorte, mesmo que custe sua vida. Você é bom, quem te disse o contrário disso? Você pensa que eu não sei o que é pensar que está sempre fracassando? Eu sei, eu sinto isso. Eu erro igual qualquer outro que tenha a chance. Você não precisa da minha ajuda, ou do conforto das palavras que eu posso te oferecer. Apenas, acredite mais, talvez você não saiba, mas é possível derrubar montanhas usando os punhos, tocar as nuvens e ignorar toda essa dúzia de lógicas baratas que enchem livros e fazem as bibliotecas bocejar. Não estou aqui para dizer que é fácil, só quis te lembrar que ainda há tempo de ser imbatível - diferente do que dizem, essa geração não está perdida, apenas esquecida de que há caminhos não explorados. Não deixem as lendas do passado falarem alto que são insuperáveis. Porque jamais serão ao menos que você os deixe ser.

Sean Wilhelm. 

Imagino-me em lugares onde não posso estar


Tenho três dias pra decidir
Se eu tenho que ficar
Ou prosseguir

Tenho dois segredos
Revelados quando sustento teu olhar
Meu coração é um cofre
Mas não quero te guardar

Meu corpo entorpece
E tudo tende a parar
Quando estou no mesmo ambiente
Em que você está.

E na escuridão do quarto
Iludo-me com teu beijo,
Mas você parece não se interessar.
E percebo que a experiência de te amar
Não é tão ruim,
Mas já basta,
Quando estou com você eu me perco
E me perder não é tão bom assim.

 - “Cainã Koweiter”

Encontrei teu verdadeiro mundo ao perceber que seu sorriso demonstrava tudo, menos felicidade.

Cainã Koweiter